Filhos…

Olá, volto eu com um tema muito comum, filhos… Podem ser os nossos, ou o dos nossos irmãos, ou o dos nossos vizinhos… Enfim, são criaturas adoráveis e insuportáveis, não? hahahahahaha
Sério! Eu tenho uma guria de 12 anos, que é parte da minha essência, não sei como seria, se ela não existisse, provavelmente teria que inventá-la!
Uma responsabilidade que nos acompanha a té o final de nossas vidas, choramos, sorrimos e aprendemos com eles… Não é de todo verdade que o cordão é cortado no momento da concepção em si. Vejam, quem não lembra do caso da mulher que se atirou em cima de um jacaré para salvar a vida do filho? E que loucuras vc estaria disposto a fazer por essas queridas pessoinhas a quem amamos tanto?
O fato é que precisamos aprender a entender nossos filhos. Por isso sugeri o tema. Moro no estado do Rio de janeiro, onde a violência é uma constante e onde as dificuldades sócio-econômicas acabam por desviar jovens de futuros brilhantes… Muita das vezes não é por questões financeiras que adolescentes se envolvem com o mundo do crime, ou com drogas ou má companhias… O problema na maioria das vezes está em casa… Onde ele não encontra liberdade em se expressar, ou não sente confiabilidade nos próprios pais, que deveriam ser seus auxiliadores, e com isso, encontram um “amigo” nas pessoas erradas, que ficam à expreita com um oportunismo barato e no final das contas o desfeixo costuma ser trágico.
Temos que entender que eles foram feitos para o mundo sim, mas cabe a nós orientarmos bem o trajeto que devem traçar, entender que eles têm suas caracteristicas particulares, eles são indivíduos aprendendo a caminhar nessa incógnita chamada Vida. Devemos respeitar suas preferências e ensiná-los o que é certo e errado, respeitar seus gostos, e ensiná-los como é bom tratar com respeito o próximo, pois só dessa maneira receberemos o mesmo… Mostrá-los que vivemos sim em um mundo desigual, mas que independente disso, podem sim fazer a diferença com pequenos gestos e atitudes… Confesso que não é fácil ser pais hoje em dia. Mas já se perguntaram como seriam se não os tivesse? Se vc é pai ou mãe ou pretende ser pai ou mãe algum dia… Pense nisso não como um fardo, mas como uma dádiva divina, um presente … Ame muito esse presente, aproveite cada instante único e vc não se surpreenderá quando perceber que enquanto estava tentando ser pai ou mãe… ensinando acerca da vida, vc aprendeu o equivalente e no final das contas, não perdeu tempo algum. Só ganhou experiência, alegria e um pouco mais de maturidade.

Beijos e Boa Noite
Lindo Sábado pra vcs
!

Anúncios

About Flavita / Misaki

Meu nome é Flavia, mas tenho vários apelidos, dentre eles sou conhecida por Flavita, Hadassa, atualmente Misaki. Tenho 37 anos, sou carioca e um dos meus hobbies é a literatura...Adoro ler!!! Capricorniana, vivo me cobrando... Amo a Anne, minha filhota, por ela faço muitos sacrificios e não me arrependo... Sou geniosa às vezes, pode -se dizer que sou meio díficil de lidar, embora conheça pessoas piores... E como disse a queridíssa Clarice, faço das palavras dela, as minhas: "E se me achar esquisita, respeite também. até eu fui obrigada a me respeitar."

One response to “Filhos…”

  1. Rogue says :

    Amiga..legal seu cantinho.
    Curti ler o q escreveu.
    E é vdd..nossos filhos..nossas vidas.
    Ti adoluuuuuuuuuu

    beijos

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: