Relacionamentos Amorosos

Oi gente, ontem estive ocupada com outras páginas da qual faço parte, mas estava doida para dar um pulinho aqui. Por incrível que pareça não consigo organizar as 24hs do dia e sempre fica faltando fazer algo…. Mas foi muito divertido o dia de ontem, pois pude voltar a dar atenção ao maldosas que é um outro blog que participo, com a diferença de que ele é feito em conjunto e lá podemos relaxar e falar sobre coisas não tão sérias.

Resolvi falar um pouquinho sobre relacionamentos amorosos, acho que porque tenho assistido O.C demais…. E sério, essa série retrata vários tipos de conflitos, dentre eles os conflitos amorosos…

Todo ser humano deseja amar e ser amado, ouvimos isso o tempo todo, seja em filmes, novelas, em um papo entre amigas(os)… Enfim, todos têm a necessidade de carinho, afetuosidade, uns mais, outros menos, mas o fato é que queremos ter uma relação estável com alguém… Mas por quê será que às vezes não conseguimos?

Graças a Deus, tenho uma relação super bacana com meu marido… Uma relação de companheirismo, amor, fidelidade… Mas porque as relações hoje em dia nos parecem tão mais frágeis do que antigamente???

Acho que em parte a mulher ao conquistar seu espaço no mercado, procurando ser independente acabou por deixar o romance, o amor, para segundo plano e o homem aceitou pois o descompromisso acaba facilitando em parte a vida deles. (Digo isso de maneira geral)

É claro que existem suas exceções, mas qual o segredo do sucesso para se obter um relacionamento sólido? O respeito tem que servir como base para qualquer tipo de relacionamento e eu já citei isso no post que falo sobre família… Respeito sozinho não basta, vcs sabiam?

Ele tem que vir acompanhado de confiança, amor, serenidade, bom senso.
A serenidade é uma chave para diversas situações… Se vc consegue ficar calmo em meio a uma tempestade, acaba enxergando detalhes que servirão como válvula de escape.
É graças a serenidade diante de uma situação turbulenta que enxergamos quando devemos ceder. Não precisamos estar certo o tempo todo dentro de um relacionamento, mas também devemos usar de bom senso para saber quando  devemos ceder ou não.
 
A confiaça é um outro fator importante, confiança em nós mesmos e confiança no parceiro, faz com que a relação esteja bem mais firme, independente de qualquer contratempo da vida.
O amor é uma consequência agradável, consequência de vários bons sentimentos reunidos que sentimos pela outra pessoa…

Não devia ser tão complicado né? O dinheiro não devia pesar tanto na balança, bem como bens materiais… O que vale realmente no relacionamento são os sentimentos cultivados, mas também há a questão de valores em meio a tudo isso… E um casal tem que tentar entender os critérios de valores que cada um carrega individualmente… Cada um recebeu sua base em famílias distintas, olha o bom senso aí de novo….

É galera, realmente esse não é um tema muito fácil de se abordar, é bem complexo mesmo, mas cabe a nós pensarmos e tirarmos o que há de melhor em nós e doarmos ao parceiro(a). E a recíproca deve ser verdadeira….

Acabo esse post achando que esse assunto ainda tem muito que se comentar… Assim que tiver mais tempo, volto aqui e posto mais.
Espero saber o que vcs acham a respeito, ok?
Beijos e Bom dia!!!!

Anúncios

About Flavita / Misaki

Meu nome é Flavia, mas tenho vários apelidos, dentre eles sou conhecida por Flavita, Hadassa, atualmente Misaki. Tenho 37 anos, sou carioca e um dos meus hobbies é a literatura...Adoro ler!!! Capricorniana, vivo me cobrando... Amo a Anne, minha filhota, por ela faço muitos sacrificios e não me arrependo... Sou geniosa às vezes, pode -se dizer que sou meio díficil de lidar, embora conheça pessoas piores... E como disse a queridíssa Clarice, faço das palavras dela, as minhas: "E se me achar esquisita, respeite também. até eu fui obrigada a me respeitar."

2 responses to “Relacionamentos Amorosos”

  1. rafa says :

    Flavita amei!
    Realmente o tema é bem complexo.
    Eu mesma quando engato num namoro acaba no máximo em 2 meses. Falta o romantismo de antes, os suspiros e acabamos nos acomodando.
    Sinto falta dos “velhos tempos” e só tenho 21 heim!
    Sempre estarei por aqui!
    beijos e agradeço a força mais uma vez.

    Curtir

  2. Cléa says :

    Oi Flavita! Estou tentando construir um projeto sobre fim de relacionamentos amorosos estou no início dele, mas já pude perceber o quão complicado é esse tema. As pessoas na maioria das vezes não estão preparadas para o fim do relacionamento, e penso que isso se dá por elas não estarem preparadas para vivê-los também. Acabam esntregando sua felicidade a alguém. E para estar numa relação tem de estar preparada para um provável fim…
    bjus e uma boa noite….

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: