Escolhas

mulher-celta1

E aí… Tudo bem com vcs?

Nossa, fiquei muito tempo sem vir aqui, e sem idéias tbm para postar aqui… Até que hoje em meia hora que estive deitada, vagando no nada, a idéia surgiu, dei um pulo da cama literalmente e vim aqui postar, para que não fugisse… E o tema é: Escolhas… Estava pensando o seguinte: O único momento em que de fato não optamos na vida é na concepção de nossas vidas, ou seja, quando nascemos, essa escolha não cabe a nós, mas aos nossos pais. Mas a medida que vamos crescendo e aprendendo, essa pequena palavra mas tão significante faz parte total de nosso futuro, de quem nós somos.

Na infância, é uma coisa mais simbólica, escolhemos amigos, mas em parte a escolha acaba sendo influenciada por adultos (nossos pais, professores, doutrinas religiosas … ).

A escolha só começa de fato qdo chegamos na adolescência, onde queremos provar ao mundo que aprendemos tudo e já podemos andar com nossas próprias pernas e é exatamente aí que a maioria cai do cavalo… Porque nos tornamos meio que inflexível, queremos só provar que estamos certos e esquecemos de medir as consequências dos fatos, digo isso, de maneira geral, Não fazemos isso por vaidade, mas por pura falta de maturidade, então, não posso afirmar que estamos errados, não é mesmo? Faz parte da experiência pessoal de cada um errar de vez em quando…

No período de transição da adolescência para a juventude, as escolhas aumentam, são tantas as coisas para escolhermos… Primeiro vem a profissão, daí temos que estudar muito para conseguirmos ingressar em uma boa faculdade, mas para isso, precisamos saber qual a nossa vocação, e vem a primeira grande pergunta: – Que curso devo fazer?

Muita gente que conheço, acabou seguindo conceitos e facilidades que os pais indicaram… É normal se ver um filho de médico cursar medicina por ter orgulho do pai… Ou aquele que acha que seu pai se deu bem financeiramente por ser um ótimo advogado… Mas e a vocação? Ela conta?
Tudo que se faz com amor e prazer tende a sair melhor… Logo, imagino que pessoas que se deram bem em suas respectivas profissões, gostavam do que faziam, ou pelo menos tinha aptidão!

Depois, surgem mais e mais escolhas a fazer…. A vida é feita delas, vc querendo ou não, até que chega um ponto que essas escolhas se tornam crucias, tipo, divórcio. Outras mais radicais e polêmicas que envolvem questões como a vida e a morte, como por exemplo, a eutanásia, nesse caso são terceiros que acabam escolhendo por vc.

Como sou mulher, e recebi uma mensagem do Reverendo Carlos há algum tempo em meu orkut, vou compartilhar com vcs um pouquinho do que aprendi… Espero que apreciem, vcs poderão ver que a escolha existe, mas quem determina o curso que sua vida vai tomar é vc!
Acho que essa mensagem tem tudo haver com o post, espero que gostem!!!

MULHERES

CELTAS

As mulheres de origem Celta eram criadas tão livremente como os homens. Era-lhes dado o direito de escolherem os seus parceiros e nunca poderiam ser forçadas a uma relação que não queriam. Eram ensinadas a trabalhar para que pudessem garantir o seu sustento, e eram excelentes amantes, donas de casas e mães.

A primeira lição era:

“Ama o teu homem e segue-o, mas somente se ambos representarem, um para o outro, o que a Deusa Mãe ensinou:

Amor, companheirismo e amizade”

Jamais permitas que algum homem te escravize: tu nasceste livre para amar, e não para ser escrava.

Jamais permitas que o teu coração sofra em nome do amor. Amar é um acto de felicidade, porquê sofrer?

Jamais permitas que os teus olhos derramem lágrimas por alguém que nunca te fará sorrir!

Jamais permitas que o uso do teu próprio corpo seja cerceado. Sabe que o corpo é a moradia do espírito. Porquê mantê-lo aprisionado?

Jamais te permitas ficar horas esperando por alguém que nunca virá, mesmo tendo prometido!

Jamais permitas que o teu nome seja pronunciado em vão por um homem cujo nome nem sequer sabes!

Jamais permitas que o teu tempo seja desperdiçado com alguém que nunca terá tempo para ti!

Jamais permitas ouvir gritos nos teus ouvidos. O Amor é o único que pode falar mais alto!

Jamais permitas que paixões desenfreadas te levem de um mundo real para outro que nunca existiu!

Jamais permitas que outros sonhos se misturem aos teus, tornando-os um grande pesadelo!

Jamais acredites que alguém possa voltar quando nunca esteve presente!

Jamais permitas que teu útero gere um filho que nunca terá um pai!

Jamais te permitas viver na dependência de um homem como se tivesses nascido inválida!

Jamais te ponhas linda e maravilhosa a fim de esperar por um homem que não tenha olhos para te admirar!

Jamais permitas que os teus pés

caminhem em direcção a um homem que vive fugindo de ti!

Jamais permitas que a dor, a tristeza, a solidão, o ódio, o ressentimento, o ciúme, o remorso e tudo aquilo que possa tirar o brilho dos teus olhos te dominem, fazendo arrefecer a força que existe dentro de ti!

E, sobretudo, jamais permitas que tu mesma percas a dignidade de ser…

MULHER

Siga os ensinamentos dos celtas
e tenha uma vida mais digna!

Anúncios

About Flavita / Misaki

Meu nome é Flavia, mas tenho vários apelidos, dentre eles sou conhecida por Flavita, Hadassa, atualmente Misaki. Tenho 38 anos, sou carioca e um dos meus hobbies é a literatura...Adoro ler!!! Capricorniana, vivo me cobrando... Amo a Anne, minha filhota, por ela faço muitos sacrificios e não me arrependo... Sou geniosa às vezes, pode -se dizer que sou meio díficil de lidar, embora conheça pessoas piores... E como disse a queridíssa Clarice, faço das palavras dela, as minhas: "E se me achar esquisita, respeite também. até eu fui obrigada a me respeitar." Outra ocupação: Se vc estiver procurando uma revendodara Radha (Sidney de Oliveira) e não encontrou.... Eu sou uma, marque suas amigas na minha página.... http://rahda.com.br/catalogo/#cover]

4 responses to “Escolhas”

  1. Rafaela says :

    Flavita!
    Gostei muito do post!
    Bjs!

    Curtir

  2. Reverendo Carlos Alberto says :

    Flavia!
    Minha amiga, creio q toda mulher deveria ler
    e se interessar em saber como era a vida das mulheres celtas.Pois, as mesmas verdadeiramente, vivendo em épocas tão antigas , elas as celtas nos mostram como deveria ser a postura das mulheres hoje, em relação aos homens. Uma postura real de independencia.Amar quem nos ama. Ser fiel a quem nos é fiel. Respeito, ñ escravidão . Amor, verdadeiro amor, ñ submissão. Um abç para vc,minha amiga Flavia. Gosto muito de ti!

    Curtir

  3. Creuza Moura says :

    MUUUUUUUUUUUUUUUITO BOM !!!
    A mulher de hoje a brasileira, sobretudo, precisa se valorizar como faziam as Celtas
    divulguemos este texto.

    Curtir

  4. N@n@ says :

    Adorei!!!
    Se hoje fôssemos criadas com esses mesmos critérios, seriamos uma civilização FELIZ!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: