Archive | novembro 2011

Mais um desafio… História

“Amo a história. Se não amasse não seria Historiador. Fazer a vida em duas. Consagrar uma à profissão, cumprida sem amor; dedicar a outra à satisfação das necessidades profundas. Algo de abominável, quando a profissão que se escolhe é uma profissão de inteligência. Amo a história, e é por isso que estou feliz, hoje, por vos falar daquilo que amo…”
Lucien Febvre 1878-1956

Algum dia ouvi que não devia me assustar quando me desse conta de onde me meti, esse curso realmente não é para qualquer um. Também não se assuste quando você se deparar encantado com discursos eloqüentes, bem articulados e possivelmente sem pretensão; De onde você menos espera a pessoa a quem você admira pode ter subjetivas intenções. Também de onde menos se espera, pessoas sem expressividade alguma podem se mostrar geniais.

O curso de História tem dessas coisas, aliás como qualquer curso. Mas como boa candidata a historiadora digo que aqui é diferente. Nossos olhos e óculos tem uma capacidade maior de ver o passado e o presente, não só sobre fatos, mas sobre pessoas. Podemos sim pensar sobre nossa condição e também a dos outros, apesar de não sermos psicólogos.

%d blogueiros gostam disto: